4 de ago de 2011

INFÉRTIL






INFÉRTIL
Sonia Pallone
 
"...Achei a sorte bêbada
escondida atrás do muro
Seus olhos ardilosos
fecharam-se como se fosse 
um diário usado e faltando folhas...

Por novas linhas hiberno,
desespero,
e a noite passa pela vidraça
enquanto as  coisas  trafegam
estampando sombras incompreensíveis
 à minha  volta...

As feras manipulam
suas garras em frente ao espelho
e, desumanamente,
 cravam-nas em minha
 inspiração, sufocando-me as palavras...

Ecoa, no escuro dessa madrugada,
apenas o grito implodido
desse meu verso aflito..."

28 comentários:

EDER RIBEIRO disse...

E versar tão bem que ao ler, sou eu que ficou com a voz presa na garganta devido a emoção. Bjos e um bom fim de semana.

Sueli disse...

A aflição às vezes segura os versos para lhes dar mais beleza, assim como aconteceu com você nesta madrugada, minha poetisa maravilhosa! Beijo grande!

Gabriel Fernandes disse...

Lindo! É para se ficar, realmente, sem palavras. Beijo

OceanoAzul.Sonhos disse...

Minha querida, sempre tão bom lê-la. Adorei seu poema, com uma intensidade que toca a alma.
Que as suas palavras nunca sejam sufocadas e que sempre gritem sentimento.

Tenha um lindo fim de semana
beijinho
oa.s

claudete disse...

Amo sua poesia minha amiga ..mergulhar nos seus versos e sentir a beleza neles contida nos inspira a olhar também o espelho de nossa alma. Beijos no coração.

Sandra Botelho disse...

na dor e na tristeza, na aflição ou na fraqueza,,,
A sua poesia tem mais beleza.
Bjos achocolatados minha flor e um lindo final de semana pra ti.

✿ chica disse...

Sempre maravilhosas tuias poesias,Sonia! Que teu fds seja lindo!beijos,chica

José Sousa disse...

Não sei porque ou porque não, sempre que o nosso baixo astral surge, surge a poesia na alama!
Adorei e adoro te ler.

Beijo em tua alma.

Suzane Weck disse...

Ola Sonia,Obrigado pelo abraço de aniversario,e,Aproveito a oportunidade para te dizer que acho belissimas tuas poesias.Muito lindas mesmo.Parabens.Grande abraço

Vera Lúcia disse...

Sônia,
Belo e tocante poema.
A madrugada é sempre a amiga inspiradora dos poetas.
Seus versos são sempre apaixonantes.
Me delicio aqui.
Tenha um lindo final de semana.
Beijo.

C@urosa disse...

Olá querida Sonia Pallone, que fértil seja sempre a alma da poetisa, para nos brindar com lindos e sensíveis poemas. Agradeço sempre suas gentis e agradáveis visitas e comentários.

forte abraço

C@urosa

MARILENE disse...

Seu verso aflito é nossa alegria. Tem um encantamento que sempre me faz admirá-la. As poesias cheias de sensibilidade, como as suas, merecem ser lidas em silêncio.
Parabéns!

Poemas del Alma disse...

Querida amiga, hermoso poema, lleno de sensibilidad.
es maravilloso leerte.


*♥♫♥**♥♫♥**♥♫♥*--*♥♫♥**♥*

┊  ♥  ★ ┊ ♥ ★ ┊
┊  ♥ ┊ ☆ ♥  ☆┊   ★┊
☆┊  ♥ Querida Sonia ☆♥
☆★ Un amigo es como ♥♥
☆★una luz en la oscuridad┊ ☆┊
┊  ♥ ☆ ┊ Paso a saludarte! ★
★ ♥Te dejo todo mi cariño! ┊ ☆┊
☆ ┊Que Dios te bendiga┊  ☆
★ ★Besitos para ti ┊ ★ ★
☆ ┊ ☆┊que tengas un ☆♥
┊   ★ maravilloso fin ☆♥
☆┊ ♥ de semana ★☆┊♥
┊☆  ♥☆♥★ Noemi ┊★ ☆ ♥

http://www.el-sentir-del-poeta.com
http://www.poemas-delalma.com

*♥♫♥**♥♫♥**♥♫♥*--*♥♫♥**♥*

Everson Russo disse...

Versos fortes de sentimentos fortes...grande beijo de bom final de semana pra ti amiga.

Maria disse...

Amiga que poema maravilhoso.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Majoli disse...

Amiga querida, é na madrugada que os nossos sentimentos ficam mais aflorados.

Linda poesia!!
Beijos com muito carinho no teu coração.

ju rigoni disse...

Sonia, que bom "vê-la" de volta. Poema intenso, inquietante, lindo.

"As feras manipulam
suas garras em frente ao espelho
e, desumanamente,
cravam-nas em minha
inspiração, sufocando-me as palavras..."

Amei esses versos, amiga.

Bjs, bom fim de semana. Inté!

RESILIÊNCIA disse...

Poetisa Sonia

Lindo...
Retira-os da alma, e nos oferta em delírios.

um grande abraço

Raíssa Soares disse...

Obrigada por me seguir e pela sua visita, Sônia! Sempre estarei por aqui lendo o que você escreve e te chamando toda vez que tiver um novo rascunho lá. Bjos!

Maggie May disse...

e a noite sempre nos revela fantasmas, monstros, sofrer , angustias…seria por causa da escuridão?

Solange Maia disse...

Sonia...

versos aflitos, carregados de vida e de emoções... que lindas as tuas palavras...

beijo, estava com saudade daqui...

Paulo Bouvier disse...

É nostálgico e lindo!
Adorei.
Um jeito muito bom de escrever vejo.

Obrigado pela atenção em meu blog.
Convido-lhe para ler meu novo post. "Ser Escritor", e comentar.
Obrigado.
paulobouvier.blogspot.com

Vera Lúcia disse...

Oi, amiga,
Obrigada pela visita.
Vim conferir se havia post novo.
Beijos.

N. Barcelli disse...

Gostei de ouvir este teu grito implodido.
Boa semana, beijo.

Evanir disse...

Querida Amiga.
Ler seus poemas sempre é uma doce magia.
Me perdoe a ausência minha querida
aqui atrás da telinha muitas vezes encontramos coisas inadiável de ser resolvida .
uma linda tarde beijos no coração,Evanir..

Ale Quejinho disse...

Que lindo poema, parabens!
Ale

Silenciosamente ouvindo... disse...

É ler e ficar muito quietinha a
refletir nas palavras e a música
nos embala e suaviza a vida.
No conjunto:perfeito.
Beijinhos
irene

Marise Ribeiro disse...

Minha querida, vim matar a saudade das suas letras, da sua arte, dessa alma que transborda as nuanças de todos os sentimentos prováveis e improváveis. Deixo neste Infértil o meu beijo e os meus aplausos, pois é como este poema que me sinto atualmente.
As postagens pós retorno são dignas de quem aconchega um mundo em si.
Meu carinho, sempre!
Marise

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...