22 de ago de 2011

TEMPO VORAZ



























TEMPO VORAZ
Sonia Pallone
 
"...As sombras das palavras caminham tomando formas,
e constroem desfiladeiros de
 silencios introspectivos em mim...
O relógio gira muito rápido e repete,
num sinônimo cruel,
que a vida é  curta e eu não quero me deixar
sugar pela voracidade do tempo...
Por isso , ceguei meu coração 
para novos amores
e sentimentos outros 
que aqueçam minh'alma...
Tudo isso acelera o que me resta
e sendo assim, faço das horas mornas
o altar onde rezo a oração da minha vida..."





17 comentários:

José Sousa disse...

Amiga Sonia!
Vim te ler e vesitar para te deixar um grande beijo e desejar uma semana feliz. Vc é de mais!!!!

Rô... disse...

oi minha querida,

e faz bem aproveitando as horas,
mesmo que mornas,
para rezar a oração da tua vida...
precioso poema!!!

beijinhos

♁RZorpa e Sofia♀ disse...

Tua arte em poesia desenhada,no escrever das cores que melodia-nos a alma...

Aqui esquecemos o passar do tempo passeando nesse teu mundo encantado.

Bisous Querida Sonia

EDER RIBEIRO disse...

"...As sombras das palavras caminham tomando formas. Ganham forma em teus escritos que nos causa comoção. Bjos.

Rabisco disse...

Que lindo poema!

Tenho lutado para um dia atingir este estado de brandura.
Talvez um dia lá chegue.

Bjs

http://rabiscosincertossaltoemceuaberto.blogspot.com/

edumanes disse...

Descobri seu blog. Li seu poema, gostei, peço a sua permissão para deixar pequeno comentário.

Nesse altar onde reza,
Para sua felicidade continuar
O amor não deespreza
Na oração da sua vida
Coração apaixonado sabe amar.

Se me permite enviar-lhe-ei um sincero abraço.
Eduardo.

Helena Chiarello disse...

Tem um quê de tristeza e solidão, um quê de saudade e resignação... Mas muito, muito de beleza e emoção!

Lindíssimo, Sonia!

Usando as tuas palavras, minha amiga, depois de ler um poema seu, "fica sempre aquele gostinho de quero mais"...

Beijo gigante e meu carinho sempre!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois é um poema que eu adorei.
E a música também me prendeu.
Muito bom o tempo que aqui estou.
Beijinho
Irene

MARILENE disse...

Muito lindo, mas entristece ler que alguém cegou o coração para novos amores. Eles não impedem essa oração da vida e transformarão as horas mornas em um calor que só traz felicidade.

Bjs.

Vera Lúcia disse...

Sonia,
Entrar neste espaço é como entrar
num mundo encantado.
A música é deliciosa e o poema
belíssimo, não obstante a nostalgia
que ele reflete.
Beijos.

Sandra Botelho disse...

Tranca o coração não flor...
Vc é flor que viceja...
Luar que ilumina.
Vc é a pura expressão do amor, como pode trancar o coração pra amar minha linda?
Bjos achocolatados

Paulo Bouvier disse...

O tem é, sem dúvida, um destruidor voraz.
Mas também é um bom remédio.

Adorei. Abraços.

Evanir disse...

O seu carinho é tão contagiante,
que se eu estiver me sentindo triste,
suas mensagens sempre conseguem me animar.
A sua amizade é importante para muitos,
e principalmente para mim.
Só o fato de você existir já é motivo de alegria
Obrigada pela paz que você transmite,
e pela luz que irradia do seu coração.
Beijos no seu coração,Evanir...
Que Bom vc conhece meu padrinho Eduardo nem imagina como gosto dele é um ser humano muito especial.

Sonhadora disse...

Minha querida

Um poema lindo...uma leitura da alma uma constatação tão verdadeira em cada palavra...a vida é apenas um momento que não devemos deixar fugir.

Deixo um beijinho com carinho
Rosa

Everson Russo disse...

O tempo nos é implacável na vida...ele nos escorre pelas mãos...temos que aprender a vive lo...grande beijo de bom dia pra ti amiga.

Sueli disse...

Devolva a luz aos olhos do seu coração! Sem amor ele não vive... e sem ele, nós não somos nós! Abração, amiga querida!

Era uma Vez disse...

Ola Sonia . Sou sua fã...este então que vc escreveu...parece que estou me vendo nele...Forte!!! muito Forte!!!bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...