5 de nov de 2010

IDAS E VINDAS...

Meus queridos amigos, principalmente aqueles que fielmente visitam meu Solidão de Alma... Embora já esteja afastada há dias, por conta de uma forte gripe, venho agora atualizar meu cantinho e dizer que continuarei ausente daqui, por motivo de algumas viagens que serão feitas entre novembro e janeiro, e sendo assim, muito pouco virei, pedindo desculpas por não manter minha visitação atualizada nos blogs daqueles que sigo e aos quais tanto me alegra visitar. Assim que tudo se normalizar por aqui, retomo minha caminhada poética e tão gratificante na companhia preciosa de todos. Aos poucos, retribuirei as visitas que me são feitas, num abraço que jamais poderá ficar solitário. Beijos, flores, carinhos, poeminhas...




28 de out de 2010

DENTRO DO MEU SONHO SÓ...


Dentro do meu Sonho Só
Soni@ Pallone

"...Eu quis achar
no fundo dos teus olhos
A felicidade que se esconde mansa...
E na solitude da tua fala
o som tranqüilo do teu silêncio...
Eu quis saber
do teu querer eterno,
da paz do teu abraço,
e do naufrágio do teu desejo,
no porto do olho-corpo seu...
Eu quis saber tantas coisas,
e me fiz presente
de braços e risos abertos
debaixo do medo inexplicável
da não certeza do teu bem querer...
Eu queria sentir o teu beijo
pra guardar na boca
o sabor da tua essência...
Queria viver de amar,
e guardar do amor
as marcas fundas que ele pode dar...
Repousar no descampado do teu corpo
E acordar feliz,
dentro do meu sonho solitário..."

25 de out de 2010

CRÔNICA PARA UM AMIGO...


Crônica para um Amigo
Soni@ Pallone


"...Amigo não é gente. Amigo é anjo. Que te fala as verdades mas ouve as suas razões... Que te quebra as pernas mas te segura no colo... Amigo é luz no escuro, é sol no inverno, é chuva na seca, é perdão no erro... Amigo é aquele que sempre tem a palavra certa... Não importa se é aquela que você quer ouvir, mas com certeza é aquela que você "precisa" ouvir... Que respeita as diferenças... Que não olha a tua cor, nem a tua beleza... Que te aceita como é, e nunca pergunta por que é... Não quer saber se você é hétero ou se é homo, apenas te quer feliz com a sua escolha...

Amigo não precisa ser certinho, basta apenas que tenha carinho na medida certa, não demais porque sufoca, nem de menos porque faz falta... A única coisa que se exige de um amigo, é que ele esteja ali, na hora de enxugar a lágrima, na hora de ouvir calado, na hora de concordar e discordar com a sinceridade e a sensibilidade à flor da pele. Se possível, de braços permanentemente abertos para te abraçar depois de uma longa ausência ou após uma longa espera... Entender seu afastamento, se ele houver sem questionar... apenas estando ali, ajudando a colar os cacos... juntando tudo de novo, enquanto canta a canção que você mais gosta..."





20 de out de 2010

Série Curtinhos - 20/10

Oi amigos. Estive ausente por conta do meu pc que me deixou na mão. Desculpem aqueles a quem fiquei devendo visitas, aos poucos vou atualizando. Beijos.













10 de out de 2010

DUALIDADE


Dualidade
Soni@ Pallone


"...Agonizo num sentimento que não aflorou.
Inacabado, permanece,
crescendo em raízes
que se expandem dentro de mim,
numa miscigenação de sentidos
incompletos e insatisfeitos...

Restrinjo-me dentro de algo,
que me impulsiona a fazer e a sentir
o que não sei se quero...

Masturbo as sensações
que se apresentam quiméricas
e relaxo numa satisfação algoz...

Continuo, de forma inepta,
expondo meus pontos
sensíveis e vulneráveis,
tornando-me, ao mesmo tempo,
brisa... carícia...
possibilidade de abraço,
palavra, amor..."


7 de out de 2010

DISPERSÃO





Dispersão
Soni@ Pallone


"...A gente sente que está sozinha, quando as pessoas falam e não ouvimos... Quando no meio de tanta gente, um vazio permanece e você se lança dentro dele, escondendo-se feito caramujo na casca...

Não sei se é bom, não sei se é ruim. Sei somente que me pego às vezes, falando sem ouvir, e sem entender o que me dizem...

Assusto-me com as vozes que me tiram deste estado aleatório e num sorriso sem graça, readapto-me ao assunto...

Tudo é tão chato, tão insípido, que percebo o quanto estou sozinha, junto com a minha insatisfação..."



28 de set de 2010

A MAGIA DAS COISAS


A MAGIA DAS COISAS
Sonia Pallone

"...Quando um dia
o amanhecer persistir em ficar noite
e nos meus sonhos os teus braços
continuarem enlaçando os meus...

Quando a brisa do mar buscar o vento
e quebrar a placidez das aguas...

Quando a música nunca mais cessar
e a canção que eu amo continuar
além do silêncio...

Acreditarei, que para mim,
a magia que transforma as coisas,
os gestos e as palavras, vem do amor
que você deixou no meu corpo,
na minha vida,
no meu coração..."


23 de set de 2010

Dedique uma Canção a quem você Ama - Blogagem Coletiva




Sweet Memorie
(intérprete Ray Charles)
Soni@ Pallone


"...Você me vem...
Volto naqueles dias,
quando seus olhos me perseguiam
e a atração entre nós era irresistível,
me fazendo sentir pra sempre
a emoção de ouvir essa música...
Depois que ela termina
você se vai, assim como veio,
sem mais nem porquê...
vai pra outros braços enquanto
me deixa entregue a outros amores...

O que nos une hoje é o nada.

O sentimentalismo as vezes toma conta de mim
e eu busco a sua imagem
nessa melodia...
Fomos duas forças magnéticas
que se atraiam,
ao mesmo tempo que se distanciavam...
Meu ser inteirinho te queria,
você não sei...

Só dizia isso, claramente pra mim,
a sua expressão medrosa
e a noite que nos encurralou,
fazendo com que nossas bocas
marcassem em nossos corpos
carinhos atrevidos, nervosos,
que ficaram para o resto da vida
como um ponto de interrogação
que continuamente me surpreende,
enchendo meu coração
de saudade de você..."

20 de set de 2010

Série Curtinhos - 20/09


Amigos, tenho comparecido pouco ao espaço de vocês, por conta da minha internet móvel limitada e que deixa muito a desejar, infelizmente me mudei há pouco e não estou conseguindo banda larga, segundo a Telefônica é pra aguardar, estou na fila de espera...Um absurdo isso! Em plena era da tecnologia, sou obrigada a passar por isso! Enfim..."ce la vie", é o preço que se paga! Mesmo assim, tento entrar em dias alternados e atualizar como posso minhas visitas. Desculpem, assim que tudo se normalizar voltarei com mais frequência. Um beijo em cada um que passar por aqui, obrigada pelo abraço invisível e pelas raízes de carinho que sempre florescem em meu coração. Fiquem com meus "pequeninos"...










15 de set de 2010

MENTIRAS



Mentiras
Soni@ Pallone

"...Calar fundo o que vai na alma
Fechar os olhos pra tantas verdades
Não ouvir as coisas que gritam caladas
Não sentir desejos
que queimam na carne
Fingir que não doem
as frases que ferem
Sorrir quando os olhos
só querem chorar
Ficar, quando só deveria partir
Viver,
quando o muito que posso
é existir..."


3 de set de 2010

FECHANDO A PORTA...




FECHANDO A PORTA
(prosa poética) - Sonia Pallone


"...Caminho sobre trilhos invisíveis da minha inspiração e as únicas palavras que me ocorrem são sempre aquelas que permanecem numa linha de sintonia comigo...saudades... silêncio... solidão... com S do meu nome e da minha singularidade.

O que busco continua anônimo dentro de mim...Uma idéia nada mais, que surge quando tudo se torna transparente e isso inclui também minha alma...Encontro-me, as vezes, verdadeiramente dentro do meu interior, e nele existe este silêncio ao qual sempre me refiro, mesmo que seja um silêncio de linguagem íntima, que não me abandona nem me desampara...

Caminho em passos lentos pelas minhas alamedas internas , escutando a voz de uma felicidade estranha, clara e azul como um céu de verão no meio dia, cuja brisa leve voa devagar...

Não posso me esquecer que embora timidamente estou sendo mais feliz do que já fui... Uma espécie de alegria sem música, quase calada, apenas vibração de notas que se voltam sonoras, nuas e pálidas.... que transpassam-me, entrecruzam-se e enchem meu cérebro afoito de sons delicados e, as vezes, cruéis...

Analiso todos os meus momentos e percebo o núcleo de cada detalhe remendado de tempo e de espaço...

Filamentos quase imperceptíveis... Isto é a minha vida e para captá-la tenho que viver, fechar a porta atrás de mim...Tudo o que foi, mergulha sem medo nas minhas águas longínquas..."




1 de set de 2010

É SÓ UM ATÉ BREVE HOD...


Não tenho nada pra falar, estou chocada. Apenas dar as mãos para todos os amigos da blogosfera que assim como eu, estão desolados e entristecidos pela passagem deste grande amigo, poeta e ser de luz. Com certeza, a noite hoje está mais clara e brilhante...Uma nova estrela ancorou num porto chamado Céu. Até breve Hod.

29 de ago de 2010

RETRATO DA TARDE


"...Respiro o silêncio com desassossego bom, enquanto o cheiro do inverno nutre uma tarde ociosa de ruas quase secas e desertas, indefinidamente prolongadas... Vejo homens espaçados, pássaros em bando e caras negras de olhos brancos...

Enquanto a brisa frisa a água, o sol se põe e revela segredos, tingindo as horas de um ouro pálido que se espalha por entre nuvens e montanhas, deixando pedras e rostos dourados...

Cada coisa se movendo à caminho das próprias formas, usando as menores sombras...

Minha visão dispersa, abriga detalhes que a sensibilidade ainda me permite, graças a Deus..."

21 de ago de 2010

HORA CERTA




HORA CERTA
Sonia Pallone


"...Os pensamentos poéticos
tem hora exata...
Se eles não forem colocados
de imediato num papel,
tornam-se dispersos
e sem graça...
Nunca mais serão os mesmos!

É como o amor que a gente não vive
quando acontece...
Transforma-se apenas em relicário
de sentimentos..."


13 de ago de 2010

Oração de Menina Triste


ORAÇÃO DE MENINA TRISTE
Soni@ Pallone


"...Sempre fui um pouco nostálgica, feito pracinha vazia com aqueles bancos solitários de cimentos descascados...Abracei a vida com fúria, e vivi todas as vertigens com voracidade...

Mergulhei em todos os abismos e passei frio na alma, desde que meu coração numa curva sinuosa, quebrou desavisado...

E quando já não haviam no meu céu, nem lua nem estrelas de reservas, abraçada com a minha fé eu pedi paz a Deus...

Chorei pela menina que não fui, pelas descobertas precoces e indevidas, pela infância cinzenta e pelas mãos sujas de gente grande, que pesadelos amargaram tanto tempo...

Anjos alvoroçados e sensíveis solidarizaram-se com o meu clamor e evocaram prioridade a Deus que ouviu e se comoveu...

Com meu olho desfocado eu vi branco no vermelho, vi luz na escuridão, vi amor no grande ódio... Tive medo e solidão...

Senti-me entre espinhos, mas Deus com delicadeza tirou de mim um por um, enchendo minha vida de esperança assim como quem infla, com paciência, uma bola colorida de criança..."




11 de ago de 2010

Série Curtinhos - 11/08


Mais três cartões da Série que divido com vocês. Beijo no coração de cada um que aqui estiver, afagando minha poesia.




dis









5 de ago de 2010

Retornando, aos poucos...


Olá amigos! Fiquei ausente do meu cantinho todo este tempo, pela falta da internet causada pela minha mudança, porém, a tristeza de estar longe, de repente se transformou em alegria ao ver tantos recadinhos aqui , repletos de ternura, bordados com os fios mais diversos, porém sempre tão delicados e generosos. Obrigada meus amores, pela colcha de retalhos tecida apenas por este carinho tão implícito que me sensibilizou. Vou deixar aqui um poema, mas não voltarei a postar novamente até que consiga agradecer a visita de cada um que aqui esteve deixando o seu rastro perfumado. Pra ajudar, estou com banda larga limitada e isso deve demorar um pouco, mas devagar, e com a alma carregada de saudade e carinho, retomarei meus passos na companhia poética e tão preciosa de vocês.

TROP
PERDAS E DANOS
Soni@ Pallone

"...Todos os passos trôpegos
e poesias inacabadas
retratam, feito livro surrado,
um trecho da minha história...
No escuro das ruas,
estrelas fazem brilhar pensamentos lúdicos,
restaurando fantasias
e trazendo imagens perfeitas
do meu mundo danificado..."



3 de mai de 2010

Até breve...Quando amanhecer o meu dia...




"...Não coleciono amigos virtuais, simplesmente... Tenho-os como irmãos. Porque não são todos os irmãos que comparecem na sua telinha todos os dias, te dão bom dia, te acariciam com um carinho invisível que te deixa bem, mostram que você não está sozinha...Como poderia, neste momento de transição, não me despedir de vocês, pedir "benção"? Não quero entrar em detalhes, comigo está tudo bem, é o meu "interior" que está "capengando"... Torçam por mim amigos, vou me "reinventar"... Gosto dessa palavra, ela me faz acreditar, me dá forças, superação, tem som de liberdade e é disso que eu preciso. Ficarei sem internet não sei por quanto tempo em razão de algumas decisões que foram tomadas por mim nesses últimos meses, não sei quando volto, mas um dia, em outra estação que não a do outono, onde tudo parece ainda mais melancólico, eu volto com a minha poesia, para o carinho e para o abraço de vocês..."

Escrevi e enviei a mensagem acima, para a minha lista de amigos particulares e acho que ela cabe aqui também, porque é aqui que deixo grande parte do meu tempo feliz, fazendo e dando carinho...Realmente não sei quando volto, agradeço àqueles que me deixarem aqui um abraço em forma de letrinhas, e no meu retorno, com certeza, irei a casa de cada um levar o meu carinho pela alegria da volta...e ela sempre existirá...

Fiquem com esse poeminha da Série Curtinhos, escrevi há muito tempo, mas ele não tem idade, é atemporal... Beijos meus amores, até qualquer hora.








30 de abr de 2010

Outono em Mim



...Ah, o outono em minha vida...
Cores e expressões
que desenham agora
meus caminhos...
Chegarei ao inverno?!?
Não sei.
Silêncio...
Apenas o sussurrar entre as folhas...



27 de abr de 2010

Série Curtinhos - 27/04



Dividindo com vocês, mais 3 cartões da Série Curtinhos. Aproveito para agradecer o carinho com meus poeminhas e o olhar de ternura que sempre se aconchega em meu coração...













22 de abr de 2010

AMOR E DESAMOR


AMOR E DESAMOR
Sonia Pallone

"...Não sei onde você começa
Você não sabe onde eu acabo
Tem cicatrizes onde me machuquei
e lugares
onde me perdi...
Bebeu na minha boca
e eu comi na sua fome...
Fiquei com as suas inquietudes
e você com os meus sonhos...
Não há mais amanhãs.
Há somente agoras.
Tudo o que resta
além da dança das horas,
é o mesmo sorriso
cheio de prantos..."

20 de abr de 2010

Série Curtinhos - 20/04

Boa noite amigos, espero que gostem dos 3 curtinhos que preparei pra vocês. Um beijo carinhoso em cada um.



*****



*****



*****


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...