22 de jun de 2011

Queridos Amigos...

Quando o espaço entre as postagens começa a ficar maior, é porque está na hora de dar a costumeira parada. São tantos compromissos, trabalho, férias das crianças, que prefiro voltar em agosto quando tudo estiver normalizado. Entristecida, fico devendo as visitas e o agradecimento à cada um que deixou e sempre deixa, aqui, um carinho colorido,  aromatizado de flor... Na próxima atualização, vou agradecer na casinha de cada um, esperando encontrar as portas sempre abertas, assim como estarão, escancaradas, as janelas e todas as frestas do Solidão pra vocês... Um super beijo e até a volta.



8 de jun de 2011

IMAGEM DO FIM...



IMAGEM DO FIM
prosa poética - Sonia Pallone

"...A luz forte do sol entrou na sala pelas venezianas...Respirei fundo, enchi os pulmões de ar... Podia me perceber, ver meus pés, meus braços; lá estava eu... Tudo havia terminado, mas eu continuava ali, no mesmo palco onde se desenrolou nossa história. Foi como se um vinho quente fluisse através de mim, deixando-me numa embriaguez modorrenta,elétrica... Despedi-me dos fatos que culminaram naquele momento, sentindo que alguma coisa ainda ficava ali, testemunhando aquele fim sob a superfície do meu entendimento, aguardando que eu a alcançasse e sentisse... A porta continuou trancada, impassível e enigmática, apenas ressoando a batida forte que ficou no ambiente...Através do vidro da janela, vi um pedaço de céu perfurado pelas pontas verdes, afiadas dos pinheiros... A manhã se fez crepúsculo e o crepúsculo se fez noite de lua cheia, prateada.... Sufoquei. Estava presa sob um provocante retângulo de noite e de uma atmosfera que me envolveu com seu abraço compacto, esmagador..." 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...