28 de ago de 2009

E SE UM DIA...



E SE UM DIA...
Soni@ Pallone


"...E se um dia eu deixar de ser???
Ficarão por acaso as lembranças...?
Ausencia sentida,
momentos só nossos?


Estarei ainda em você
tal qual a estrela que te namorava
em noites escuras?
Ou desaparecerei simplesmente
sem deixar marcas, canções?

Todos os vestígios cobertos
pelo tempo do esquecimento...
Será?...

O que ficará de mim
quando eu deixar de ser
em você?.."


13 comentários:

Daniel disse...

Espera-se que fique apenas e tão somente os bons momentos vividos. Bjus.

http://contesta-acao.blogspot.com

Majoli disse...

Essa é a resposta que não encontramos enquanto ainda amamos.

Lindo poema querida, apesar de triste.

Beijos no coração.

☆Fanny☆ disse...

Ficarão as lembranças, fragmentos de alma que certamente iremos buscar quando a saudade nos acenar...

Linda a tua escrita!

Beijinhos com carinho

Fanny

Rita Maria disse...

Por acaso lhe encontrei Sônia Pallone, nesta manhã de domingo tão silenciosa!... Ouvindo Ernesto Cortazar que acabei conhecendo e aprendendo a amar através de vocês poetas...

Pelo pouco conhecimento que tenho de Internet e por meu curto tempo para descobrir coisas novas, eu ainda assim notei que seu nome é muito importante no mundo virtual e poético e enfim lhe encontrei...

Muito prazer Sônia Pallone... Continue existindo porque o mundo virtual precisa - e muito - de sangue do Tipo "A" de amor!

Beijos,

Rita Maria

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Há pouco escrevi um texto com esta mesma dúvida.
Quem fica sempre ama mais do que quem parte. Esta saudade misto de amor e vazio nos acompanha no meio da noite, e muitas vezes vem nos gritar um amor que partiu sem deixar de ser.
Parabéns pelo blog.

Val disse...

Lindas imagens e belas palavras... Voltarei...

Guto Oliveira disse...

O Drummond tem um belo poema, chamado "Residuo" e nele ele diz que de 'tudo fica um pouco'. Se o que fica é bom ou ruim, depende de cada um. Mas quando se ama de verdade, ficam as coisas boas, com certeza. Beijo.

http://quasepoema.zip.net

Sandra disse...

Olha vim lhe conhecer através do Hold. Também amo poesias.
Muito lindo esta blog.
"O que será de mim quando eu deixar de ser você".

Acredito que será vc mesma, linda e bela.
Com o coração de cheio de amor e aventuras.
E com muita vontade de continuar escrevendo.
Mas o coração da gente manda escrevcer e nossas mâos simplesmente obedecem o que o coração exige.
Valeu amiga.
Com Muito carinho
Sandra

Anônimo disse...

Oi,Soninha : adorei o teu poema.São dúvidas que todos nós temos e que apenas vocês, os poetas,conseguem transformar em arte. Acredito que você será sempre você,com as marcas que o amor te deixou,boas ou más.Nada acontece por acaso.O que ,de bom ou mau, te acontecer tb.Mas quando se ama,não se racionaliza..apenas viva o amor, até virar lembranças..
beijo saudoso

TOUCHÉ
http://poetasdeguarulhoseoutrosversos.zip.net

Sandra disse...

OLA AMIGA!
VIM LHE CONVIDAR PARA PARTICIPAR DA BLOGAGEM COLETIVA DE ANIVER. DO MEU BLOG CURIOSA.
ESTE MOMENTO É MUITO ESPECIAL PARA MIM.
FOI COM MUITA DEDICAÇÃO QUE CHEGUEI ATÉ AQUI.
COM ESTE LINDO BLOG.
PORTANTO CONVIDO A VC. PARA A BLOGAGEM COLETIVA.
VENHA PARTICIPAR.
COM MUITO CARINHO
SANDRA

Su disse...

e apesar de tudo... ser... e continuar sendo...

bjosss

Anônimo disse...

Passando pr´a dividir a solidão e te deixar um beijo. bom fim de semana...Touché

Hod disse...

Alôha doce e meia Poetisa,

Sonia... En passant, só quem fica sabe...
Contente com sua visita.

Boa semana com muitas bençãos!

Alôha meiga Sonia.

Hod.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...