23 de jun de 2009

DANÇA TANTA...



Dança Tanta
Soni@ Pallone


"...Ando com falta de espaço
e com medo de me embrenhar
Ando sem tempo pra nada
de viver, ser feliz, sonhar...

Tanta andança inacabada,
As marcas,
as cicatrizes!
Tanta mágoa ciumenta
Tantas cscolhas infelizes...

Céu e sol sem primavera
prantos e desatinos
tantos sonhos e quimeras
tanta fé num só destino ...

Tanto faz, já pouco importa
Mais um rumo incerto e torto
Mais uma esperança morta..."

9 comentários:

Daniel disse...

Por mais torturoso e difícil que seja um caminho, nunca podemos desistir nem perder a fé na vidam na gente e principalmente, em Deus! Bjus.

http://contesta-acao.blogspot.com

Majoli disse...

Querida Sonia, às vezes não tenho palavras pra dizer de como me sinto invadida por suas poesias, sempre me encontro em uma parte delas e isso muitas vezes marca.
Beijos na alma.

Hod disse...

Poema de águas profundas Poetisa!

Agradecendo sua visita e principalmente o carinhoso e incentivador comentário para o Jovem Talento de 25 anos. A Mami dele é gaúcha e o Papi é Paulista e ele é filho de São Paulo.

Que a semana seja muito atraente! Beijjus!!

Aloha Sonia!

Hod.

meus instantes e momentos disse...

muito bom o post, parabens
Maurizio

Xabonas disse...

"Quando apanho uma folha seca caída no chão, sinto nela a indiscutível Lei do Ciclo da Vida."
(Mokiti Okada)

beijooooooooooooooooooo

Su disse...

Lindo seu blog, lindo poema!

Bjosss!!!

Val disse...

tei da frase: "... tanta mágoa ciumenta...", embora n sejam palavras minhas mas senti como um espelho... Beijos

Guto Oliveira disse...

Sonia, seus poemas são lindos. Adorei especialmente este, que reflete bem o meu momento, essa vida tonta, essa dança tanta... Beijo.

Rosana disse...

AMEI SEUS POEMAS, E COMO SE FOSSE MINHAS SUAS PALAVRAS! É COMO ÁS VEZES ME SINTO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...