28 de nov de 2011

NA VERDADE...





NA VERDADE...
Sonia Pallone


 "...A lágrima oscila no meu olho
 e esconde-se com vergonha de mim...

 Recebe ordens do meu coração apertado,
 e desfaz-se...

 Não quero chorar...

 Prefiro morar com o estado
  intermitente dessa tristeza,
 a ter que solidificar essa dor

 Que não é outra,
 senão,
 saudades de você..."


FRASES QUE EU AMO










21 de nov de 2011

VELEIRO








 VELEIRO
Sonia Pallone

"...No veleiro da vida
      navego meus sonhos,
      muito embora,
  alguns vendavais me tirem da rota 
        fazendo-me desistir...
 
      E então me sinto minúscula
      e vou me buscar lá no fundo,
      onde alguns anjos me sustentam
       e me jogam de volta pro mundo...
 
      Pobre de mim que sou,
      me envergonho de tão pouca fé
      Meu veleiro se deita, afundando nas águas,
       mas Deus ainda me mantém de pé..."


Mais 3 cartões
 da Série Frases que eu Amo pra vocês!








16 de nov de 2011

REMENDOS





REMENDOS...

Sonia Pallone


    "...Caminho sobre trilhos invisíveis da minha inspiração, e as únicas palavras que me ocorrem são sempre aquelas que permanecem numa linha de sintonia comigo... Silêncio... Saudades... Solidão... com S do meu nome e da minha singularidade.

    O que busco continua anônimo dentro de mim...Uma idéia nada mais, que surge quando tudo se torna transparente e isso inclui também minha alma...

    Encontro-me, as vezes, verdadeiramente dentro do meu interior, e nele, existe este silêncio ao qual sempre me refiro, mesmo que seja um silêncio de linguagem íntima, que não me abandona nem me desampara...

    Caminho em passos lentos pelas minhas alamedas internas , escutando a voz de uma felicidade estranha, clara e azul como um céu de verão no meio dia,  brisa leve voando devagar... Uma espécie de alegria sem música, quase calada, apenas vibração de notas que se voltam sonoras, nuas e pálidas, que transpassam-me, entrecruzam-se e enchem meu cérebro afoito de sons delicados e, as vezes, cruéis...

    Analiso todos os meus momentos e percebo o núcleo de cada detalhe remendado de tempo e de espaço....Filamentos quase imperceptíveis... Isso é a minha vida e para captá-la tenho que viver...Fechar a porta atrás de mim...Tudo o que foi, mergulha sem medo nas minhas águas longínquas..."


Mais cartões da minha série Frases que eu amo:



Um beijo e obrigada a todos que continuam vindo, mesmo sem a minha presença constante na casinha de cada um. 



7 de nov de 2011

POESIA MORTA


Poesia Morta
Sonia Pallone

"...No aspecto grotesco da frase que grita
anuncio a náusea intelectual e
 repulsiva da saturação...
Tantos vícios se justificam
em nome de tantas coisas.
 Beijos abstratos...
Amores sem rótulos...
Cicatrizes sem corpos...
Restam poesias mortas em pedaços
Sombras solitárias
na vadiagem das madrugadas...
Não grifarei palavras.
Há uma importância singular
em tudo que se diz ou que se faz...
Desde a lucidez alcoólica
até a carência significativa
das criaturas..."


A partir de hoje, começo a postar alguns cartões que formato, com fragmentos de outros poetas e pensamentos que colho por aí, pedacinhos de inspirações valiosas às quais me rendi pela beleza e encantamento dos mesmos...Espero que gostem! Por enquanto, não estou conseguindo comentar na maioria dos blogs que sigo, mas sempre respondo àqueles que deixam sua marca de carinho, aqui no meu cantinho, desculpem e obrigada pela compreensão, beijos.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...