16 de mai de 2011

Sabor de Adeus









Sabor de Adeus
Sonia Pallone



"... Os ponteiros invadem os números
esculpindo as horas.
Tantas coisas acontecem paralelas a nós e
 nada tem sentido
 enquanto a distância prevalecer.
Como posso provar tua presença
se meus olhos estão sempre ausentes!
Minha mente cansada
 rompe o desencanto e cria a melancolia,
gerando uma constatação que rejeito...

Ausentei. Ausentastes.

Você foi uma emoção
a  me arrancar  pedaços, e eu...
Apenas um ser desfragmentado
pelos caminhos que você nunca notou...
Sou sereno da noite que te roubou de mim,
invólucro de sentidos,  filtrando
 a infelicidade...
O sabor de adeus é longe e imaginário,
 por isso mastigo o vazio que ficou,
utilizando lágrimas secas
pra conseguir ingerir o resto..."



27 comentários:

Marilu disse...

Querida amiga, que lindo poema de um triste amor, sofrido, doído, mas tão difícil de dizer e aceitar esse Adeus. Tenha uma linda semana. Beijocas

Vera Lúcia Duarte disse...

BELO POEMA, SÔNIA.

VOCÊ TRADUZIU O SABOR DO ADEUS NUMA LINGUAGEM POÉTICA DE MELANCOLIA BEM PRÓPRIA À DOR QUE SE INSTALA EM TÃO DOLOROSO MOMENTO.
BEIJO.

Samaryna disse...

Sonia, apesar de melancólico, o teu poema me cativou, e o último verso é de arrebatar. Deixo o meu afeto.

Sonhadora disse...

Minha querida

E como o vazio custa a mastigar , como faz doer o corpo todo, o teu poema é uma chuva de sentimentos navegando na melancolia que se torna bela descrita assim, adorei e deixo o meu beijinho carinhoso.

Sonhadora

✿ chica disse...

Tristeza presente ...Lágrimas secas...nada mais dolorido...LINDO POEMA!



Um beijo tudo de bom, chica

Sandra Botelho disse...

Lindo demais querida, apesar de triste.
Miga troquei o cabeçalho porque eu enjoo viu, mas logo ele volta pra lá. Sou assim mesmo, gosto de viver trocando tudo, quer dizer ,,,quase tudo neh?kkkk
te gosto muitão viu minha paixãozinha?
Não vejo a hora de te ver de novo.Espero que seja breve.
beijos achocolatados

SOL da Esteva disse...

Sónia

Poema da muita solidão e auto flagelação.
O Amor, o verdadeiro Amor, é feito destes e doutros sentimentos.
Sofrer, é o maior, mas que é apagado por um só momento de realização e Felicidade.

Comungo esta grande identidade.
Aqui estarei seguidor) sempre que actualizar.

Beijo
SOL da Esteva

http://www.solidaodealma2.blogspot.com/

Everson Russo disse...

Definitivamente não é o melhor sabor a se sentir,,,mas os versos são belissimos,,,grande beijo de bom dia.

Sandra disse...

Lindo e delicado como o deveria ser todo o adeus.
Beijinho

angela disse...

Muito bem traduzido em palavras esse sofrimento que de algum jeito em algum momento todos nós vivemos.
beijos

TITA disse...

Sónia,belísimo poema o teu que retrata bem o paralelismo do nosso ser quando sofrido.Um abraço.

Sueli Gallacci disse...

Amiga!

Vc conseguiu traduzir com muita emoção a dor de uma separação nesse belíssimo poema! Quanta sensibilidade!
Lindo e comovente.

Bjos.

Majoli disse...

Como é triste esse adeus minha querida.
Seu poema é lindo, mas tão cheio de dor.

Beijos com carinho nesse coração.
Te gosto muito minha amiga.

Marise Ribeiro disse...

Querida Soninha, suas poesias são como o céu estrelado na madrugada: silenciam a nossa alma diante de tanta beleza.
Meu carinho, sempre.
Beijos,
Marise

Everson Russo disse...

Um grande beijo de bom dia pra ti querida amiga,,,carinho e muita poesia...

Daniel Hiver disse...

Bárbaros esses teus versos. Em especial:
"Como posso provar tua presença
se meus olhos estão sempre ausentes!"
Parabéns pela inspiração!

ju rigoni disse...

Sonia, tristonhos e belos os seus versos com esse sabor que, em algum momento, todos experimentamos. Sorte, ou não, todo adeus vira recomeço; toda noite é berço de um novo dia...

Bjs, amiga. E inté!

Jefhcardoso disse...

Sonia, bom seria se pudéssemos parar o tempo em que somos felizes e recuar até o momento em que começamos...

‘Sonia, não venha você também defender o Armelau de meu conto. Ele está colhendo o que plantou’: Diria um homem de mal com a vida. [sorrio] °~´

Evanir disse...

Olá Anjo Lindo você é uma das homenageadas
hoje aqui no meu cantinho ..Brasil e Portugal
Te Amo muito beijos e beijos,Evanir.
www.aviagem1.blogspot.com

SOL da Esteva disse...

Sónia

Estou cá de novo para te parabenizar em conjunto com a Evanir.
Um Mundo Cheio.

Beijo
SOL da Esteva

http://acordarsonhando.blogspot.com/

El Sentir del Poeta disse...

Querida amiga, precioso poema, siempre que se ama con intensidad se sufre si uno no es amado de igual manera.
es un placer enorme visitarte.
besitos para ti, que Dios te bendiga.

Nuestro Cielo disse...


Boa noite!

Nós, Wilson e Sanzinha, viemos avisar que agora nós escrevemos juntos em um novo blog, o Nuestro Cielo. Como sua amizade é importante para nós e não queremos perder o contato, pedimos que você nos visite em nossa nova casa e nos siga lá. Segue o link:

http://lonuestrocielo.blogspot.com/

Já estamos te seguindo com nosso novo perfil. 
Os blogs "Bom Ruim Assim Assim" e "Jardim Secreto de Sanzinha" serão excluídos. Pode até excluí-los de sua lista de visitas.

Então é isso! Esperamos você em nossa nova casa!

Um beijo grande e um abraço apertado!

Wilson e Sanzinha.

MARILENE disse...

Muito linda! Encantadora e cheia de emoção.
Seu blog é um paraíso que vou ter prazer de visitar.
Bjs.

Everson Russo disse...

Um maravilhoso final de semana pra ti querida amiga,,,muita poesia,,,carinho e paz...beijos e beijos..

angela disse...

Ai Sonia, triste demais.
beijos

Anônimo disse...

"por isso mastigo o vazio que ficou", sim minha cara, muitas vezes a única coisa que nos resta fazer. Novamente, saio daqui emocionado com teus dizeres. Meu beijo querida, até outras muitas vezes.


miguel
http://blog-literaturando.blogspot.com

O blogger não está efetuado o login.

Fabrício Santiago disse...

Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog rosa solidão. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs

Narroterapia:

Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.

Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.

Abraços

http://narroterapia.blogspot.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...