21 de mar de 2011

Tsunami de Lágrimas




Tsunami de Lágrimas
Sonia Pallone

"...A água vem, derrubando tudo,
numa ansiedade louca
de buscar o seu lugar na terra...
Não se incomoda em tragar vidas,
soterrar os corpos,
tirar os filhos de suas mães
e as mães de seus filhos...
Anda, invade, percorre e se perde...
Mistura-se, desenfreada, às lagrimas...
Mistura-se, desesperada, aos escombros...
Urrando mais do que todos os gritos...
E se perde...lentamente...ao final das avenidas...
no encontro da água com a lama.
Perde as forças e extenuada,
míngua,
se encolhe,
e chora,
quem sabe, também..."


25 comentários:

chica disse...

Lindo e comovente,Sonia! um beijo,tudo de bom,chica

OceanoAzul.Sonhos disse...

Que poema sentido, doloroso mas verdadeiro.
um grande beijinho Sonia.

OA.S

Sandra Botelho disse...

Qanta dor neh querida...Quanta dor, tão belamente descrita por ti.beijos achocolatados

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Sonia querida!

Sem palavras para comentar tanta tristeza e muitas palavras para falar da beleza de seu triste poema!

Um beijo!

Sonia Regina

Elaine Barnes disse...

A natureza está cada vez mais furiosa. Vem , arrasta e mostra que ela é o poder e a força,enquanto tantos de nós se ilude o poder é nosso. Fiz a linda oração e só podemos fazer nossa parte. Cuidar da natureza e pedir a Deus misericórdia por todos. Montão de bjs e abraços

ASTROTERAPIA disse...

Olá querida, obrigada pelas palavras.
Essa foto do Japão tem rodado por e-mail, nossa muito triste.
Linda a poesia, bjs Cynthia.

BLOG DO PROFEX disse...

Comove, mas não ameniza. É um predicado da poesia: consegue colorir os momentos alegres, mas não os tristes.
Grande abraço!

ErikaH Azzevedo disse...

Hj é a segunda vez que vejo essa imagem..não tem como negar a força, a emotividade, a perda contida nessa foto...´´e de emocionar qualquer um...mas teu poema emocionou-me ainda mais ....as lágrimas sendo misturadas ao que tb é agua...tanto sofrimento, tanta sentimento de impotência, só Deus é capaz de dirimir tanta perda, que sejamos corações cheios de fé nesse momemnto.

Lindo esse post viu! Lindo demais.

Bjo

Erikah

Lu Nogfer disse...

Ola querida!

Vim agradecer sua presença em meus espaços e dizer que vc é mt bem vinda por la!
Eu tbm amei esse espaço lindo cheio de poesias sensiveis!
Ja esta linkada pra que eu nao a perca de vista!

Lindo e sentido poema!
Precisamos unir forças e orarmos juntos!
Eles sairao dessa se Deus quiser e Ele ha de querer!

Beijos!

Jefhcardoso disse...

Olá, Sonia! Realmente é assustadora a força com que as águas se movem. Sofremos com tudo isso. Bem, toda vez que a natureza se manifesta com mais vigor somos abalados, a exemplo: Japão. Não sei, mas nossa relação com a natureza precisa ser revista, repensada. Abraço! Prazer estar aqui e comentar!

Convido para que leia e comente no http://jefhcardoso.blogspot.com/

“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso.” (Jefhcardoso)

Helena disse...

Às vezes, uma imagem é tão forte, tão comovente e toca tão profundamente a nossa sensibilidade que fica difícil encontrar palavras para dizer a emoção de vê-la...
Mas a tua sensibilidade prova ser maior, Sonia... Esse poema é daqueles que deixa embargada a emoção...

Meu carinho e um beijo!

TITA disse...

Naveguei e cheguei até aqui.E não resisti a dizer que encontrei aqui uma sintonia profunda entre o que somos.Gente irmanada,congregada mas dispersa.Voltarei aqui decerto.Um abraço.

Perola disse...

Ta bom para vc,me emocionou agora.Triste né minha flor. Eu fiquei arrasada pois as águas conquistam seu espaço de um forma tão bruta.
Parabéns.
Obrigado pela visita amada.
Beijos millll.

Paty Bernardes disse...

É Mamy, só de olhar a foto já emociona ! Deus nos abençõe ! Te amo.

Suely - HD disse...

Olá Sonia,
Bom dia!

Que bom tê-la em meu blog.
Fiquei MUITOOOOO feliz.

Vc mencionou outro comentário?
Eu apenas recebi um comentário.

Obrigada!!!!!

Vou estar sempre em seu blog.

Tenha um dia abençoado,

Um grande Abraço

Suely

José disse...

Olá Sónia!

É verdade nada mais podemos fazer, se não rezar, por aquele povo tão bem organizado e trabalhador, esperemos que não aconteça com as Centrais, o quem tem acontecido noutros países.
Belo poema, e a imagem diz bem o que foi aquela tragédia, e entra pelos nossos olhos dentre, até ficarem
húmidos também.

beijinho grande para ti,
José.

Pelos caminhos da vida. disse...

Me dou um nó na garganta ao ler esse poema, meu Deus qta tristeza...

beijooo.

Everson Russo disse...

Emocionante,,,nada consegue controlar essa devastação...grande beijo de bom dia pra ti.

Carmem L Vilanova disse...

Emocionante, amiga...
Bom demais vir aqui de novo...
Beijos, flores e muitos sorrisos!

Sonhos De Deus disse...

Oii amiga não é facil mas não podemos perder a fé e esperança, que vc tenha esta semana,Paciência para as dificuldades
Benevolência para os equívocos
Misericórdias para os erros
Perdão para as ofensas
Equilibrios para os desejos
Sensatez para as escolhas
Sensibilidades para os olhos
Delicadezas para as palavras
Coragem para as provas
Fé para as conquistas
E amor para todas as ocasiões...

Que Você tenha uma Semana Maravilhosa

Jefhcardoso disse...

Que você jamais sinta solidão no Solidão de Alma. Conte com mais este amigo que adora a delicadeza das pessoas sensíveis. Obrigado por seu doce carinho e comentário em meu blog, Sonia!

Jefhcardoso

Majoli disse...

Amiga querida, me emocionei demais ao te ler.
Quanta tristeza.
É a natureza se revoltando contra os homens, e isso é tão dolorido.
:(
Beijos com carinho no teu

ju rigoni disse...

Poema belo e triste, Soninha; instantâneo poético da tragédia conduzindo ao tsunami da reflexão sobre um amanhã onde afoga-se até mesmo o bálsamo da esperança.

Tudo e todos choram...

Bjs, querida. E inté!

Pri disse...

LIndo seu poema, minha querida. lindo e tocante.

angela disse...

Especial comovente e solidário.
Bonito de todos os jeitos.
beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...