23 de mar de 2011

AO SABOR DO VENTO




Ao Sabor do Vento
Soni@ Pallone

"...E veio a reflexão que
lavou minh'alma e me revelou...

Os males foram sanados
e as estruturas (falsas) dilaceradas...
Desnudei meu eu complexo
e fiquei ali,
 entregue ao prazer do exposto...

Sózinha, ao sabor do vento,
fui amada pela estiagem
das lágrimas..."


11 comentários:

OceanoAzul.Sonhos disse...

Magnifico Sónia, adorei!!

beijinho
OA.S

Amapola disse...

Que maravilha de poema, querida amiga Sonia. Lindo, lindo!!

Um grande abraço.
Tenha um belo dia.

Graça Pereira disse...

Maravilhoso!!..."fui amada pela estiagem das lágrimas"...
Estou-te seguindo!
Beijo
Graça

Sonhadora disse...

Minha querida

Um grito...um lamento de amor no teu poema.adorei e deixo um beijinho carinhoso.

Sonhadora

Tatiana disse...

Olá Sônia!
Venho até aqui pedir a sua atenção para um assunto sério e que com a união e participação de todos poderemos salvar vidas.
Eu e o meu amigo Milton Kennedy, resolvemos nos unir em prol de uma campanha sobre a doação de medula óssea e contamos com todos os amigos da Blogosfera para divulgá-la.
Você poderá nos ajudar?
Desde já agradecemos...
Um abraço carinhoso

Everson Russo disse...

Vento que chega pra acalentar a alma,,,e ao secar das lagrimas,,,recomeça tudo outra vez...beijos de bom final de semana.

Valter Montani disse...

Lindo Sonia!

grato pela amizade e carinho, tenha um bom fim de semana, bjs

A feiticeira da noite sopra estrelas no céu
a lua torna-se mais cheia e resplandecente
a noiva da colina asperge um suave perfume
espalhando no ar o seu chamado envolvente.

Trata-se de um convite ao amor e a amizade,
vai ecoando pelos quatro cantos da cidade
rua do porto, engenho central, repúblicas....
nada passa despercebido ao clamor lançado.

Milton Kennedy disse...

Oi Sonia,
vc também é poetiza! Legal!
E obrigado pela visita e elogios.
Mas a idéia da campanha e do selo para doação de medula foi da Tatiana Moreira, eu fui apenas o interprete, rsrsrsrs.
Gde abç

hanukká disse...

*•¨* ♥¨• ♥¨* •¨ ♥* ¨•¨♥¨•* ¨♥¨*.¨♥¨.*¨. ♥¨*
Vim desejar um fim de semana de bençãos.

Filipenses, 4:6 - Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.

Deixo um abraço de paz e alegria.
*•¨* ♥¨• ♥¨* •¨ ♥* ¨•¨♥¨•* ¨♥¨*.¨♥¨.*¨. ♥¨*

angela disse...

Um poema especialmente belo.
beijo

Sandra disse...

Quanta sensibilidade em versos tão profundos!
Parabéns
Beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...