14 de abr de 2010

Eu e a Poesia


EU E A POESIA

Sonia Pallone



"...Nos braços da poesia

Já fui nota e fui canção

Fui chuva e tempestade

Fui vento e furacão...


Já fui musa e fui poeta

Fui desafeto e paixão

Fui várias em uma só

Fiz da poesia um laço

E de mim

um grande nó..."



15 comentários:

Sonhadora disse...

Minha querida amiga
Maravilhoso poema, muito belo.

Fiz da poesia um laço

E de mim

um grande nó..."


Adorei.

Beijinhos
Sonhadora

Felina Mulher disse...

versos tao simples e tao belos.


Linda noite.

Amapola disse...

Bravo!!!
Adorei...

Um grande abraço, amiga Sonia.

Majoli disse...

M A R A V I L H O S O

Minha amiga querida, fico suspirando do lado de cá ao te ler, tuas poesias são lindas demais, as palavras estão sempre à flor da pele, amo, amo.

Beijos com admiração e muito carinho, sou sua fã.

Rita Maria disse...

Sônia amiga,

Estou aqui para quebrar um pouco a monotonia que muitas vezes nos impõe a solidão em nossa alma e vejo que você deixou um poema no laço...

Esse nó que você se deu, jamais será desfeito desde que você tenha sempre um motivo a mais para fazer de sua vida e da nossa vida de amigos, uma verdadeira Antologia Poética...

Querida, um final de semana de sol e flores...

Rita

David Marinho disse...

Foi ESPECTACULAR! Sobretudo a segunda estrofe. Marcou-me o dia já, sem dúvida...

Beijo

marliborges disse...

Sonia, ganhei o dia vindo aqui! Belissimo poema!!!
bjssssss

Hod disse...

Provocas nos acordes harmônicos desse versas uma melodia que o coração em descompasso sistólicos e diástolicos dançam.

Grato por deixar em minhas atmosferas tão deliciosa fragrância em data tão significativa.

Beijos pra vc Poetisa.

Alôha com muitas bençãos.

Hod.

Daniel Costa disse...

Sánia

Um poema bonito mosta uma poetisa de garra, uma mulher de força.
Beijos
Daniel

Felina Mulher disse...

Olá querida, vim te fazer um convite.Gostaria que visitasse hj o Felina e prestigiasse o meu grande amigo poeta Everson Russo.

Deixo-te um grande beijo.

Everson Russo disse...

Minha amiga, prazer em conhece la,,,a Felina é uma querida amiga,,,é um anjo de paz...obrigado pelo carinho de sua visita ao Livro dos Dias...volte sempre que desejar,,,,quanto ao seu post,,,a poesia é tudo em nossa vida...ela nos faz voar com os pes no chao,,,nos faz viajar em sonhos de amor e paz...beijos de carinho e amizade e um lindo dia pra ti...

Pena disse...

Simpática Amiga:
Um delicioso poema bem adequado às princesinhas de sonho.
Uma só ou muitas.
Fabuloso.
Tem uma apurada e encantadora sensibilidade poética. Linda, mesmo.
Parabéns sinceros.
Beijinhos amigos agradecidos pela amabilidade doce e de deslumbre no meu blogue.
Com respeito e estima gigantescas.
Sempre a admirá-la, brilhante poetiza.

pena

MUITO OBRIGADO pela sua amizade.
Bem-Haja, fantástica amiga!

Almeida Lucius ™/ Ulisses Reis ® disse...

Sonia fico muito feliz que tenha gostado e me visitado, gostaria muito de te-la pertinho vou de seguir e quem sabe faz o mesmo, somente com um carinho se devolve o teu carinho, acho que vai saber para quem fiz esse poema, beijos !

Designer

Quando nos braços da poesia esteve
Esta foi doce e muito carinho teve
Na canção foi harmoniosa e desejo
Na chuva e tempestade tu eras vento
Que virava ao andar, furacão
É musa sem contestação
E poetisa com argumentação
Já desafeto só do tolo
E ainda causa paixão é inspiração
E como mulher é múltipla, vocação
Entrelaçada você e poemas se fundem
E como parceiras se unem
Em um só manejo de beleza
E consagração

Ulisses Reis®
20/04/2010

José disse...

Olá amiga Sónia,

"Nos braços da poesia"
eu me deixei embalar
és a minha maior alegria
e tudo o que mais queria
era nos teus braços ficar

boa noite
um beijinho grande
José.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Um prazer conhecer este blogue e
passar a segui-lo.
Boa sorte.
Bj./Irene/Portugal

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...