10 de fev de 2010

TALVEZ


TALVEZ...
Sonia Pallone

“...Tudo seria diferente...
Se meus passos pudessem voltar atrás
reiniciando meu caminho...
Se eu pudesse colocar minha noite
em busca da madrugada
e a madrugada a caminho
de uma manhã feliz...”


16 comentários:

RESILIÊNCIA disse...

Poetisa Sonia


Fez falta...deixou um vazio...que bom que voltou. um grande abraço

Sonhadora disse...

Lindo seu sonhar.
Tinha saudades

Beijinhos
Sonhadora

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga.

Como diz Chico Xavier:
"Não podemos voltar ao passado e reescrever um novo começo,
mas podemos a partir do presente
escrever um novo final."

Que belo presente o seu retorno.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Triste e lindo!!!

Muitas manhãs felizes virão!

A volta foi brilhante!

Seja bem-vinda!

Um beijo saudoso!

Sonia Regina.

Guto Oliveira disse...

Sim, Sonia, tudo seria diferente... seus versos me pegaram hoje. Acabei de escrever um post onde ele caberia com perfeição. Se pudessemos voltar atrás tudo seria mesmo diferente e melhor... Saudade! Beijo.

http://quasepoema.zip.net

Pedro disse...

Voltar atrás não dá, mas dá para refazer o percurso. =]

Cadinho RoCo disse...

Tudo é diferente sempre exatamente porque nunca paramos.
Cadinho RoCo

Se7e/5 disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Majoli disse...

Ah minha querida, como senti sua falta, estava até preocupada, graças a Deus você voltou.
Seja bem-vinda e não suma mais assim viu?

Quantos TALVEZ passam pela nossa cabeça minha querida, mas o passado já se foi, temos é que viver o agora com intensidade e quem sabe assim o talvez não faça parte do nosso amanhã.

Beijos de saudades e de alegria por seu retorno.

Anderson Fabiano disse...

e, tudo seria diferene, também, se meus passos pudessem ir bem lá na frente e voltasem rápido pra me sinalizar os equívocos de hoje.

bela reflexão!

meu carinho,
anderson fabiano

Hod disse...

Bom tê-la novamente nesse universo. Olhava para seu poema e me perguntava em que momento o versejar de Sônia vai iniciar.
Bastante conte com sua visita e pelas fragrância dque deixastes lá em minas atmosferas.

forte abraço com muitas bençãos,

Hod.

Elcio Tuiribepi disse...

Legal que voltou a expressar seus sentimentos...deixoum pedaço de um poema meu que fala sobre os caminhos da alma...

NOSSOS PASSOS SELAM A ESTRADA SEM FIM
VIAJAM EM COMUNHÃO PELA ESSÊNCIA DA VIDA
ENFRENTAM SEM DESATINO E SEM DESESPERO
OS DIAS E AS NOITES QUE COLHEM DO TEMPO
NOSSOS PASSOS ENCONTRAM SEM MEDO O FUTURO
OBSERVAM NO TEMPO O PASSADO E O PRESENTE
RESISTEM ÀS SURPRESAS DO PRÓPRIO DESTINO
RESGATANDO NA ALMA O TEMPO PERDIDO

Um abraço na alma...bjo

Su disse...

Como diz a frase: não podemos voltar e fazer de novo, mas sempre podemos dar um novo começo a nossa vida!

bjos!

Elcio disse...

O difícil do talvez é essa maldita incerteza q impregna os olhos e escurece o coração e deixa a esperança distante, refém de um talvez.

É isso aí.

Bjs

Sueli disse...

Minha querida amiga poetisa, saúdo sua volta e desculpo-me pela demora, mas uma pequena e simples cirurgia deixou-me alguns dias longe da net. Como é bom saber que você já voltou! Amiga, encontrei tantas pedras no meu caminho que a melhor saída foi encontrar alguma utilidade para elas (às vezes usá-las para me sentar e descansar, por que não?). Se não puder fazer voltar aquela sua noite antiga, use a sua tarde para fabricar uma nova ... Beijo grande com todo meu carinho!

Daniel disse...

Esse "talvez" é castigante... Tem texto novo no Sub Mundo. Bjus.

http://submundosemmim.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...