22 de ago de 2012

POEMA ADORMECIDO





POEMA ADORMECIDO
Soni@ Pallone
 
"...O sol bate em cheio
sobre a página que dorme
um sono de não acordar...
Branca como meus pensamentos
absortos e sem claridade, cuja vastidão
 é um corpo existindo...
Passeio meu olhar com ociosidade e um certo desespero, 
pelos arredores em busca de algo
que me desperte do naufrágio das palavras,
buscando a idéia submersa,
escorrendo feito badaladas agudas no cérebro...
Quando isso acontece,
 o  subúrbio da minha sensibilidade poética
se enche de luz, e eu decifro 
todas as mensagens de uma inspiração 
 que  abre as grandes asas
num bocejo de poesia nova..."



Minha Série Curtinhos




Frases que eu amo


10 comentários:

Por Amor disse...

QUE DESPERTAR LINDOOO MINHA POETIZA MAIOR ...Tens o dom de tocar-me de qualquer lugar do espaço tempo que exista ... Inclusive entre aqui e agora ...Não sei mais o que falar pois muito emocionado estou Um n imenso beijo AMADA QUERIDA !!! Pedro Pugliese

POR TODA MINHA VIDA disse...

Minha Amada Querida ... Poetiza maior . A série de curtinhas são perfeitas ... arrancam suspiros !!! hoje acho que nada postarei pois fique com uma virose ...se melhorar !!! Talvez ... Um beijo bem grande Pedro Pugliese

EDER RIBEIRO disse...

Sonia, a poesia em si pulsa sempre, adormecido jamais. Bjos.

Evanir disse...

Como estava um pouco afastada estou tentando voltar aos poucos
novamente tentando digerir o desconforto que estou passando no momento.
Eu não posso parar muito menos desistir de lutar como sempre fiz.
E a amizade nos da força sempre para continuar nossa jornada.
Nessa rapida visite convido você a ler minha postagem
também dizer se gostou do novo visual da nossa Viagem.
Lindo final beijos no coração,Evanir.

MARILENE disse...

Seus curtinhos são emocionantes e muito belos. Não há poema adormecido nesse livro. As asas estão sempre a bater, com emoção. Bjs.

C@urosa disse...

Olá Sonia, tudo muito lindo por aqui, e muita inspiração.

forte abraço

c@urosa

Marise Ribeiro disse...

Que seu interior, esse subúrbio onde as letras se escondem, seja sempre iluminado e de lá saiam seus abraços poéticos como as três mais recentes poesias do blog. Adorei, adoro e adorarei sua doce alma!
Beijos, minha querida amiga,
Marise

Luis Eustáquio Soares disse...

belo como o sol a despontar no horizonte aberto dos mares longes
de tão perto.
b
l

Graça Pereira disse...

Pensamentos tão lindos que eu...até sinto daqui...o perfume do jardim!
Mil beijos
Graça

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

tem um texto teu num blogue que me anda também a plagiar, como tem muitos dos meus poemas lá, andava a tomar apontamentos e vi o teu texto REMENDOS que está com o titulo FECHANDO A PORTA.
É este o link: http://betecigana.blogspot.pt/search?updated-max=2011-12-11T05:27:00-08:00&max-results=20&start=635&by-date=false
Se passares no meu blogue vês o porquê.
Um beijinho com carinho
Sonhadora

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...