15 de abr de 2012

INTROSPECÇÃO




Introspecção
Soni@ Pallone
 
 
"...Não há mais tempo!
Há, em vez disso,
um medo súbito e desesperado
 do relógio que bate e
 da chuva que cai intensa
parando  de repente 
no final do verão...
Os telhados vermelhos e 
 cinzas das casas,
parecem silenciosos e reticentes,
 coniventes com a vida passiva...
As árvores em arcos,  formam sombras na varanda
 e eu me pergunto como me sentiria 
do outro lado do tempo...
Sou apenas uma gota a mais
no imenso mar de matéria definida,
 com capacidade de perceber
 minha existência....
Folhas douradas oscilam 
nessa fresta do tempo
e em descompasso,
avançam esbaforidas, irriqüietas!...
Num áspero farfalhar, 
pendem ao vento
feito fios de ouro partido..."




MINHA SÉRIE CURTINHOS 


FRASES QUE EU AMO






15 comentários:

Maria disse...

Lindissimo poema.
Bom domingo e uma semana maravilhosa.
Beijinhos
Maria

Marilu disse...

Minha querida amiga, que poema maravilhoso, a alusão que você faz entre o ser humano e a natureza. Eu conclui que não somos absolutamente nada, talvez uma folhinha solta ao vento. Adorei. Tenha uma linda e abençoada semana. Beijocas

Marilu disse...

Minha querida amiga, que poema maravilhoso, a alusão que você faz entre o ser humano e a natureza. Eu conclui que não somos absolutamente nada, talvez uma folhinha solta ao vento. Adorei. Tenha uma linda e abençoada semana. Beijocas

Sueli disse...

Eis a nossa diferença dentro de todo contexto da Grande Mãe Natureza: conseguir perceber nossa existência. E com essa percepção, somos capazes de fazer milagres... Beijo grande, amore!

edumanes disse...

Da chuva que cai intensa
O relógio que não vai parar
Da corrida que não cansa
Até quando tudo acabar!

As ondas altas do mar
O barco nelas à deriva
Ter cuidado para não se afundar
Mar imenso, matéria definida!

Desejo uma boa noite para você, amiga Sônia Pallone.
Um beijo
Eduardo.

Sandra Subtil disse...

Adoro os teus curtinhos! Adoroooooooo.
Beijos mil

Ange disse...

Somos tantos de nós que, de uma forma ou de outra muitas vezes nos sentimos apenas mais uma gota de agua...
Lindo e cheio de intensidades seus textos. Minha admiração!Ange.
Aqui de oportuno agradeço sua fiel presença e amáveis palavras lá no meu cantinho onde guardo as lembranças.
Uma linda noite para você!
Lembranças

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre a inspiração mora aqui...e como sempre adorei ler-te.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

claudete disse...

Sempre me comove te ler...onde estaremos do outro lado? Por enquanto me basta : para onde irei em quem me apoiarei...somente uma resposta me chega..."Tua graça me basta , Senhor! Teu amor me sustenta", pois é Sônia tua poesia é divina. beijos.

Por Amor disse...

Sônia , a perfeição do que escreves toca no âmago do meu coração .... sei bem o que descreves....parece-me tão familiar e ao mesmo tempo tem um cadência do que para mim escorre pelas mãos e não volta ... como se não tivesse volta...é querida mas temos que seguir ... certamente saberemos encontrar nossas próprias saídas ...mesmo tenhamos um preço a pagar.... estou certo ... coração faz o caminho ... nasce tudo morre nada BJS Pedro

Irene Alves disse...

É sempre bom chegar aqui porque
vale a pena. Eu é que tenho que
ir a vários blogues, o médico diz
que não posso estar muito tempo ao
PC(e eu abuso) mas nunca me esqueço.
Um beijinho
E tudo muito bom,como sempre.
Irene Alves

TITA disse...

Sónia,aqui respiro beleza e intensidade.Obrigado.Beijinhos.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Como seria a vida
do outro lado
do tempo?

Como seria o amor
perfeito
que entra pelas
fendas do coração?

Como seria?
Como seria...


Que sempre haja amor,
para alimentar de sentidos
nossa vida.

Gabriel Fernandes disse...

Bom dia, Sônia.
Surpreendo-me a cada visita à sua página. Você me surpreende a cada visita que faço à sua página. E, de surpresa em surpresa, acabo por admirar cada vez mais o seu trabalho.
Somos, sim, uma gotinha transparente,ou dourada (como você), que escorre lentamente na vidraça da varanda para, açoitada pelo tempo,esse vento e esse sol implacáveis, desaparecer definitivamente, sem deixar traços.
Beijo carinhoso,
Gabriel

Anônimo disse...

Soninha
Seu site é simplesmente lindo.
Suas poesias muito tocantes, transmitem a intensidade de sentimentos que brotam do seu ser.
Marilda Ternura

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...