4 de fev de 2011

REMENDOS




Remendos
Soni@ Pallone



"...Tanto canto a procurar por mim
e a perguntar por ti
passeando no meu tédio...
Tantos conselhos e remendos
me tapando,
querendo enfeitar meus dias
e mascarar meus versos...

Tantos mitos, tantos risos,
tanta reza brindando as horas!...
E na escala dos sonhos
a lágrima que não seca...

Tanto ar e tanto tempo
Tanto alento
rabiscando os passos,
percorrendo veias,
escutando gritos...

Remendos descoloridos
De uma existência rasgada
Tapando os buracos da sorte
Escorrendo o sangue do corte
Cobrindo o encanto da vida..."

20 comentários:

Elaine Barnes disse...

Oi miga! Triste poema,mas, cheio de beleza e sentimento. Tem coisas que se vão e gostaríamos que o tempo voltasse para aproveitarmos mais,de maneira até diferente né?! Amei! Montão de bjs e abraços

Kayana Luz disse...

Como sempre sua sensibilidade escorre pela poesia e faz transbordar nos olhos...
Linda, linda poesia...
Lindo lamento...
Lindo sentimento...
Beijocas...........

Marilu disse...

Querida amiga e grande poetisa, é da tristeza dos poetas que nascem poemas maravilhosos, como esse escrito por você. Adorei. Tenha uma lindo final de semana. Beijocas em você e na Pri.

VÉU DE MAYA disse...

Não sou de blogar muito...mas pela Rosa Solidão...abri seu blogue... que fala de solidão de alma.
Li esta sua poesia triste mas bela...deixei minha flor de morango no seu site...A solidão mais idiota é de quem não sabe fazer companhia a si própria...Não acha? Então a vida está aberta a todas as formas...e quando são artísticas, é perfeito.

Boa noite pra vc.

Véu de maya

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Sonia...de volta então após um período acredito eu de muita reflexão...seja bem vinda de volta a blogosfera e ao convivio dos amigos...
Belo poema, gostei também da imagem que com sintonia completou a postagem...
Que as palavras te continuem brotando da alma
Um abraço na alma
Bjo

Solange disse...

Sonia...

adoro como mistura as dores e as delícias...
belo texto !

beijoca carinhosa

olhar disse...

Devemos viver então intensamente cada momento de nossas vidas...

beijos e retribuo o gole de vinho deixado lá em meu OLHAR...

Bia

. intemporal . disse...

.

.

. feliz pelo re.gresso . entre.remendos . que seja amplo e confesso .

.

. um bom.domingo .

.

. um beijo meu .

.

.

Everson Russo disse...

Remendos que fazem parte da vida, da construção da historia e da memoria...grande beijo de boa semana pra ti.

Maria disse...

Querida amiga um poema nostálgico mas tão profundo que toca o coração de quem lê. A vida é mesmo assim cheia de remendos.
Passei também para lhe oferecer um miminho especial é o “Selo de Qualidade”, que recebi e que gostaria de partilhar consigo, pois o seu blog merece sem sombra de dúvidas este presente. Está no meu cantinho “SELINHOS – Presentes dos AMIGOS”
Tenha uma excelente semana
Beijinhos
Maria

Renato disse...

Nossa... a soma dos versos (lindos e tão tristes) e da música quase me fez chorar. E olhe que estou num dia bom. Uffaaa!
Acho que virei aqui mais vezes, para chorar em meio à sua arte.
Abraço forte!

claudete disse...

Minha querida Sônia...ler teu poema é sentir a carne e a alma tomadas ..não pela tristeza ,mas pela certeza de que é pela dor que também se pode construir a beleza e sensibilidade dos teus versos. Aqui se chora a pureza das intenções contidas. Amei! Beijos.

Chris... ჱܓ disse...

Oi linda...
Retribuindo a visita, agradeço as palavras de carinho no meu blog.
E posso dizer que adorei o seu tá.
Voltarei, estarei te seguindo.

Tenha uma linda semana de paz.
Tudo de bom para ti.
Bjos!

Chris..

Sonhadora disse...

Minha querida

Como sempre um belo poema, arrancado do mais profundo da alma.

deixando o meu carinho e um beijinho.

Sonhadora

Daniel Hiver disse...

Também percebi os ares impregnados de uma tristeza característica...
E tudo descrito de um jeito que envolve e quase nos dá um abraço!

Pérola disse...

Muito lindo!!!
Parabéns poeta.
Um beijo grande.

angela disse...

Bonito e triste poema.
Voltando de ferias e ainda meio tonta, mas com saudades dos amigos
beijos

Geisa Machado disse...

Poema muito forte, próprio de vc que, me parece, vive a vida intensamente. Como diz o ditado é melhor prevenir do que remediar... no caso, remendar.
Minha querida, muito obrigada pelo seu enorme carinho. Sentimos a sua falta no nosso encontro, mas nem sempre as coisas são do jeito que queremos, não é? Na próxima com certeza vc estará.
Um excelente fim de semana!!!
Bjussss

Daniel Savio disse...

Neste caso, só nos resta dar tempo para cicatrizar e tentar viver a nossa vida...

Fique com Deus, menina Sonia Pallone.
Um abraço.

Vieira Calado disse...

Não conhecia o blog.

Achei-o gracioso e gentil.

Saudações poéticas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...