17 de mar de 2010

ECOS DO PARAISO


Ecos do Paraíso
Soni@ Pallone


"...Quando a noite engole os pesadelos
E o não saber das horas permite
Que o dia role solto pelos campos...

Quando o silêncio e a limpidez das águas
contornam a paisagem que
fascina em linhas gerais,
os olhos se perdem
no infinito de um horizo
nte sereno...

Entre focos de luz
vejo ao fundo uma felicidade esculpida
E feito ecos de um paraiso
ouço todos os sons ressoarem...
É então que grito pra Deus as palavras
e me atiro sem medo,
a um vôo de asas quebradas..."



16 comentários:

Majoli disse...

Oi amiga mais do que querida.

Sua poesia é linda, e quando o grito pra Deus sai de dentro de você e se atira sem medo, mesmo de asas quebradas, é uma libertação.

Sem medo, até apoiada em muletas, a gente está a um passo da vitória.

Amo te ler.

Beijos no ♥

Naty e Carlos disse...

Amar contém ensinamentos que aperfeiçoam a conduta humana, desenvolvem os mais nobres sentimentos, e purificam o espírito. "
Bom Fim de Semana
Bjs

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga.

O encontro de Deus conosco
as vezes ocorre,
quando silenciando os nossos gritos
falamos com outras palavras.

Desse encontro nascemos e renascemos.
E assim será muitas vezes
enquanto estiver acesa em nós
esta chama chamada
VIDA.

Que teu coração seja sempre casa de alegria.

Ricardo Calmon disse...

Olá poeta da vida e do amor,como uma tocha flamejante,a nós todos iluminas e inspiras!

bzu mãos suas!

viva la vida

Hod disse...

"E no sulco marcado
Eu mergulho e deixo
uma pedra no fundo..." É a Sua Balada da Inspiração e seus Ecos. Leio diariamente.

Ecos que contém a energia vibrante das cores. O detalhe amorfo. Escreves a natureza com tanto sabor. Aos Olhos daquele que lhe é semelhante ganhas alma.

Bastante contente por sua visita. Meu atrevimento passou dos limites. Falar sobre um estado, sem experiência ou vivència é no mínimo arriscado. Porque senti e conheci os contornos da solidão apenas por um período não superior a 12 meses em 1965. Quando tinha apenas 12 anos.
Já sua irmã mais nova a Solitude, me acompanha a muitas décadas. Andamos de mãos dadas. contribuiu muito para o que sou hoje.

Beijo pra vc Sonia.

Hod.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo!

*Amizades não compram,
Se amizade não compramos...
Conquistamos...
E as mesmas conquistamos...
Ganhamos...
Então é por isso que amamos...
“E amamos”
Sem esperar aquilo que ganhamos...Apenas... doamos!
Isso se chama reciprocidade, afinidade, amizade
Sem limites
Sem distância
Sem cortes
Sem barreiras
Apenas amamos...
E nos entregamos
Alexia Moreira e Suely Dam*

Beijos, querida!
Bom Dia

José disse...

Bom dia Sónia, esta Solidão da Alma,
e esta música, minha solidão acalma.

Deixo um pouco da minha solidão consigo.

e os meus cumprimentos.
José.

Maria disse...

Linda poesia.
Bom fim de semana
bjs
Maria

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Sonia...obrigado pela presença lá no Verseiro...
Atirar-se sem medo num vôo com asas quebradas é tarefa para quem tem coragem, para quem não tem medo de existir, mesmo as vezes se machucando, se ferindo...
É uma busca...intensa e constante de quem sabe o que quer...
Um abraço na alma...bom fim de semana...bjo

Guto Oliveira disse...

Lindos versos, Sonia, há um horizonte sereno e, para alcançá-lo não podemos temer o salto, o vôo, mesmo de asas partidas, há que se arriscar.
Beijos.

http://quasepoema.zip.net

Rita Maria disse...

Olá Sonia...

Criei por você um carinho gratuito, sinto que você é uma pessoa linda, uma criaturinha que escreve com o coração e que não tem medo de expor a alma...

Seus poemas me atingem e me fazem sentir ternura por todos os famintos de amor assim como eu e no silêncio que nos separa eu consigo criar laços com você!

Obrigada pela surpresa de sua vinda...

Rita.

Sonhadora disse...

Minha querida
Que maravilhoso poema, é sempre um prazer ler-te.

beijinhos
Sonhadora

José disse...

Olá Sónia,
Agora que que segue o meu cantinho,
eu sinto-me menos sozinho.
Dividimos a solidão entre nós,e os dois ficamos menos sós.

Obrigada por sua palavras, acho que não merece tanto.

Hoje o dia internacional da poesia, desejo-lho um bom dia, para si amiga poetisa.

um beijo,
José.

Su disse...

E não há nada melhor que dias soltos, vivos e livres... sem medo!

Bjos!

Pena disse...

Estimada Amiga Poetiza Amiga;
"...
Quando o silêncio e a limpidez das águas
contornam a paisagem que
fascina em linhas gerais,
os olhos se perdem
no infinito de um horizo
nte sereno....."

Um poema lindo. Delicioso.
Encanta.
Adorei.
Tem uma sensibilidade doce e extraordinária.
Parabéns sinceros.
Beijinhos amigos de imenso respeito e estima.
Sempre a admirá-la.
MUITO OBRIGADO pela visita.

pena

cristal de uma mulher disse...

Entre focos de luz
vejo ao fundo uma felicidade esculpida


Uma passagens espledorosa de força e cultiva o meio e o amor..


Entre focos de luz
vejo ao fundo uma felicidade esculpida


Meu beijo de cristal e tenha uma semana de amor

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...