3 de mai de 2010

Até breve...Quando amanhecer o meu dia...




"...Não coleciono amigos virtuais, simplesmente... Tenho-os como irmãos. Porque não são todos os irmãos que comparecem na sua telinha todos os dias, te dão bom dia, te acariciam com um carinho invisível que te deixa bem, mostram que você não está sozinha...Como poderia, neste momento de transição, não me despedir de vocês, pedir "benção"? Não quero entrar em detalhes, comigo está tudo bem, é o meu "interior" que está "capengando"... Torçam por mim amigos, vou me "reinventar"... Gosto dessa palavra, ela me faz acreditar, me dá forças, superação, tem som de liberdade e é disso que eu preciso. Ficarei sem internet não sei por quanto tempo em razão de algumas decisões que foram tomadas por mim nesses últimos meses, não sei quando volto, mas um dia, em outra estação que não a do outono, onde tudo parece ainda mais melancólico, eu volto com a minha poesia, para o carinho e para o abraço de vocês..."

Escrevi e enviei a mensagem acima, para a minha lista de amigos particulares e acho que ela cabe aqui também, porque é aqui que deixo grande parte do meu tempo feliz, fazendo e dando carinho...Realmente não sei quando volto, agradeço àqueles que me deixarem aqui um abraço em forma de letrinhas, e no meu retorno, com certeza, irei a casa de cada um levar o meu carinho pela alegria da volta...e ela sempre existirá...

Fiquem com esse poeminha da Série Curtinhos, escrevi há muito tempo, mas ele não tem idade, é atemporal... Beijos meus amores, até qualquer hora.








Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...